X3 Razões e Apoios para exportar para o Japão > Blog | Magnetic Win – Contabilidade e C

BLOG

26
NOV
3 Razões e Apoios para exportar para o Japão
3 Razões e Apoios para exportar para o Japão

Com o sentimento negativo que se apresenta pela Europa de forma mais ou menos acentuada, existe uma necessidade absoluta em conseguir novos clientes de médio e longo prazo, com capacidade financeira em adquirir os produtos, e, ou, serviços comercializados

3 Razões e Apoios para exportar para o Japão

Com o sentimento negativo que se apresenta pela Europa de forma mais ou menos acentuada, existe uma necessidade absoluta em conseguir novos clientes de médio e longo prazo, com capacidade financeira em adquirir os produtos, e, ou, serviços comercializados pelas empresas europeias, em particular as portuguesas.
Com o presente artigo, procura-se sensibilizar as empresas / empreendedores para a importância capital de um mercado extraordinário que é o Japonês, com o seguinte perfil:
Área de (km2) 377.899 
População: 127 milhões de habitantes
Densidade populacional: 337 hab/km2
População residente na capital (Tóquio): 12 milhões de habitantes
População em circulação diária pela capital: Aproximadamente 25 milhões de habitantes
Com os seguintes indicadores económicos

Fonte: The Economist Intelligence Unit (EIU), Nota: a) Efetivo b) Estimativas c) Previsto
Fonte: The Economist Intelligence Unit (EIU), Nota: a) Efetivo b) Estimativas c) Previsto
 
3ª Maior economia mundial (depois dos EUA e da China)
 
4º Maior Exportador e Importador
 
Trata-se de facto de uma sociedade com elevado poder de compra, com elevados requisitos de qualidade para efeitos de aceitação de produtos e serviços, o que poderá constituir uma vantagem competitiva para as empresas que pretendam exportar para o Japão, pela simples razão, ao cumprirem com todos os requisitos do "caderno de encargos" do cliente japonês automaticamente estarão a elevar a sua própria capacidade produtiva para um nível (caso ainda não esteja implementado) de elevada qualidade, permitindo ganhos de sofisticação no produto, e, ou, no seu serviço, na sua eficácia em todo o processo.
 
1.º A distância é um problema?!
Entendemos que não, com a utilização das novas tecnologias, a distância que separa de forma geográfica a sua empresa do seu potencial cliente, é eliminada através de um "click". Toda a informação é rececionada pelo potencial cliente no Japão de forma imediata, no entanto, o trânsito de mercadorias por via marítima, por exemplo, entre Portugal e o Japão decorre num prazo aproximado de 6 a 7 semanas, o que deverá considerado na gestão dos stocks.
 
2.º O envio de um delegado comercial ao Japão é caro?
Entendemos que não, a viagem apresenta-se com um custo aproximado de 600 euros e hotéis com uma diária de 120 euros por noite, não será caro!
 
3.º  O cliente japonês paga bem?
De grosso modo, trata-se um cliente que paga bem e com rapidez, sendo que a forma de pagamento através de cartas de crédito irrevogáveis, constituem um meio de liquidação geralmente aceite no mercado.
 
Apoios para a Conquista do Mercado Nipónico e Coreano:
Existe um Programa de Formação para Executivos, destinado para executivos e as empresas da UE com clara prontidão em concretizar negócios com o Japão e a Coreia.
 
Você pode candidatar-se este Programa, se cumprirem os requisitos abaixo indicados:
 
Requisitos mínimos para os executivos da UE:
  • Ser cidadão de um dos Estados Membros da União Europeia;
  • Ser funcionário de uma empresa patrocinada à pelo menos 1 ano;
  • Demonstrar um excelente domínio da língua inglesa;
  • Não ter participado de forma anterior no Programa de incentivo em causa;
  • Possuir um grau académico mínimo de bacharelato + 3 anos de experiência profissional, como executivo, ou 2 anos de ensino superior + 5 anos de experiência profissional como executivo.
Requisitos mínimos para as empresas da UE:
  • Pretender, ou, possuir investimento ou realizar exportações para o Japão ou na Coreia, ou, prestar apoio às empresas europeias no desenvolvimento de exportações ou de investimentos para o Japão ou Coreia;
  • Possuir a sede mundial domiciliada na União Europeia;
  • Possuir uma identidade europeia e produzindo bens ou serviços de origem comunitária;
  • Empregar no mínimo 5 funcionários;
  • Volume de negócios anual de pelo menos 500.000 €;
  • Estar empenhada em contribuir para uma parte das despesas de vida do participante durante o programa de incentivo;
  • Assumir a manutenção do vinculo laboral com o executivo durante todo o decurso do programa de incentivo;
Apoio Financeiro a Fundo Perdido:
  • Financiamento do curso de formação, para uma permanência do executivo deslocado de 45 semanas, em universidade local de prestígio;
  • Atribuição de uma bolsa de 26.400 € para o Japão (2.200 € por mês) e 24.000 € para aCoreia (2.000 € por mês) para cada participante;
Caso esteja interessado em obter mais informações, contacte-nos sem qualquer compromisso.
 

Comentário(s)

Não existem comentários disponíveis

Deixe o seu Comentário







Indique os 5 números apresentados na imagem abaixo.

security code

Deseja mais informação?

Caso deseje mais informação sobre este assunto, queira por favor preencher o seguinte formulário para podermos entrar em contacto consigo.