Sabia que as empresas têm a possibilidade de não emitirem facturas em papel a consumidores finais

Sabia que no passado dia 15 de maio, foi publicada uma nova Portaria que regulamenta a possibilidade das empresas não emitirem facturas em papel a consumidores finais, enviando-as, por exemplo, por email, e, ou, disponibilizando-as numa aplicação informática.

  • Obrigatório comunicar às Finanças

A nova Portaria obriga a que as empresas/comerciantes que utilizem esta modalidade, comuniquem de forma prévia à Autoridade Tributária (AT) essa opção através do Portal das Finanças. Salienta-se, que ao nível das exigências do sistema informático de faturação, implica a utilização de um software de facturação que comunique de forma imediata os dados da factura à AT (por exemplo, via webservice).

  • Só com acordo do cliente

Esta modalidade de dispensa da impressão e entrega da factura em papel depende sempre da aceitação prévia do cliente. De essa forma, se este o exigir, o comerciante encontra-se sempre obrigado à entrega da factura tradicional em suporte documental. Caso pretendam aderir a esta nova funcionalidade agora disponibilizada pela AT, solicitámos a v/ confirmação escrita para o email doc@magneticwin.pt

Fonte legal: Portaria nº 144/2019 de 15 de maio

Na eventualidade de alguma dúvida, p.f. não hesite em contactar com os nossos contabilistas.

Votos de bons negócios!

Aviso Legal: A presente informação, não dispensa em nenhuma forma a leitura atenta da legislação aplicável, nem se substituí ao aconselhamento de profissional direto.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Últimos artigos:

Senhorios podem começar a entregar declaração que reduz IMI

Medida abrange os contratos de arrendamento habitacionais celebrados antes de 1990 e não habitacionais anteriores a 1995. Fonte: Público (http://www.publico.pt) URL da Publicação: http://feedproxy.google.com/~r/PublicoRSS/~3/4XA8GbFaqJk/prazo-20-dias-entrega-declaracao-reduz-imi-comecou-contar-1906035

Fale connosco